Prevalência de infecções bucais em ambiente hospitalar

Abstract

Objetivo: verificar a prevalência de bucais em ambiente hospitalar no período de 13 meses.  Métodos: Estudo transversal, realizado no Centro de Terapia Intensiva e na Clínica Neurológica da Santa Casa de Caridade de Diamantina, Minas Gerais. Foram transmitidos todos os dados relacionados às alterações bucais e hospitalares, ocorridas no período de março de 2017 a março de 2018, recebido pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar da instituição. A população estudada compreendeu todos os pacientes esses estudos, com idade acima de 16 anos, de ambos os sexos e que teve bucal após 48 horas de internação.  Resultados:Dentro do total de 2.703 pacientes a prevalência de infecção bucal foi de 1,15% dentro do período de 13 meses, sendo a candidíase maior ocorrência. A prevalência de infecção hospitalar foi de 2,85%. Conclusão: A prevalência das doenças bucais foi maior no CTI, em comparação à Clínica Neurológica, sendo a infecção mais comum a candidíase oral. Sugere-se maior atenção à saúde bucal dos pacientes hospitalizados, diante da maior vulnerabilidade dos mesmos às infecções bucais.

 

 

 

 

 

Authors

  • Lara Maria Moreira de Faria Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.
  • Christiany Beatriz Cordeiro Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.
  • Gessiane de Fátima Gomes Hospital Santa Casa de Caridade, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.
  • Valéria da Silva Baracho Hospital Santa Casa de Caridade, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.
  • Elayne Cristina Ferreira de Aguiar Hospital Santa Casa de Caridade, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.
  • Evandro Silveira de Oliveira Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.
  • Dhelfeson Willya Douglas de Oliveira Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.
  • Patrícia Furtado Gonçalves Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.
  • Olga Dumont Flecha Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.

Downloads

Download data is not yet available.

Keywords

Author Biographies


, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.

https://orcid.org/0000-0001-8418-9071


, Hospital Santa Casa de Caridade, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.

https://orcid.org/0000-0002-2872-1155


, Hospital Santa Casa de Caridade, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.

https://orcid.org/0000-0003-0574-4159


, Hospital Santa Casa de Caridade, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.

https://orcid.org/0000-0002-8538-3228


, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.

https://orcid.org/0000-0003-4219-1821


, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.

https://orcid.org/0000-0002-8628-3122


, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.

https://orcid.org/0000-0002-1782-9654


, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde, Departamento de Odontologia, Diamantina, Minas Gerais, Brasil.

https://orcid.org/0000-0002-6999-5398

Published
2021-03-25
| 0 |
How to Cite
de Faria, L. M. M., Cordeiro, C. B., Gomes, G. de F., Baracho, V. da S., de Aguiar, E. C. F., de Oliveira, E. S., Douglas de Oliveira, D. W., Gonçalves, P. F., & Flecha, O. D. (2021). Prevalência de infecções bucais em ambiente hospitalar. Revista Estomatología, 28(2), 8 - 16. https://doi.org/10.25100/re.v28i2.10561 (Original work published December 29, 2020)
Section
Case Series